Por Eng. Manuel Bolotinha

CONCEITOS BÁSICOS DE LINHAS AÉREAS DE ALTA E MUITO ALTA TENSÃO (CORRENTE ALTERNADA)

1. CONSIDERAÇÕES GERAIS

Genericamente as linhas aéreas de alta tensão (AT) e muito alta tensão (MAT) integram o sistema de transporte (transmissão) de energia (habitualmente designado por rede primária), interligando as centrais produtoras de energia eléctrica com as subestações (SE) da rede primária (MAT/MAT/AT; MAT/AT) com as SE da rede de distribuição de energia em média tensão (MT) – SE AT/MT, situação que se ilustra na Figura 1.

Figura 1 – Configuração esquemática do sistema de transporte de energia Os valores habitualmente considerados para a tensão nominal (Un) das linhas AT (LAT) estão compreendidos entre 60 kV ≤ Un ≤ 110 kV (em Portugal, 60 kV) e a tensão nominal das linhas MAT (LMAT) é Un > 110 kV (em Portugal, 150 kV, 220 kV e 400 kV).

LEIA ESTE ARTIGO NA ÍNTEGRA