“Queremos levar o melhor fornecimento de energia para sociedade”, diz presidente da Eletrobras

Na manhã desta quarta-feira (13/05), o programa Bom Dia Meio Norte recebeu em seus estúdios o presidente da Eletrobras, Marcelino Machado Neto, que falou sobre o atendimento e serviço da empresa em todo o Piauí.

O presidente começou destacando as melhorias no atendimento. “A gente vem investindo em uma média de R$ 300 milhões de reais por ano na rede elétrica de distribuição, e o reflexo disso é uma melhoria. Nós temos dois indicadores do setor elétrico que medem a qualidade de fornecimento de energia, um é o FEC, que mede a frequência média equivalente, ou seja, quantas vezes faltou energia na casa do consumidor e outro é o DEC que mede qual a duração da falta de energia na casa da pessoa, então o órgão regulador nos acompanha por esses indicadores. Com relação ao DEC nos melhoramos de 2008 para cá e no FEC nós melhoramos 45%. Se a gente compara o primeiro trimestre de 2014 com o primeiro trimestre de 2015 no DEC por exemplo a gente já melhorou 20% então a gente acompanha essa melhora a partir desses indicadores”, disse.

Marcelino afirmou ainda que o resultado ainda não é 100%, mas o órgão está tomando providências para agilizar os serviços. “Nós não estamos dizendo que estamos entregando o melhor produto e o melhor serviço ainda, mas nós estamos junto com a equipe trabalhando fortemente para atingir para a sociedade um melhor fornecimento de energia elétrica. Existe um indicador que ele não é exigido pelo órgão regulador mas ele é monitorado que é o que a gente chama de tempo médio de atendimento, o tempo médio de atendimento hoje no Brasil são 4 horas entre o recebimento da reclamação e o atendimento, alguns fatores tem atrapalhado muito nesse tempo que principalmente hoje é o deslocamento. Se a gente tem uma ocorrência que acontece nos horários de pico principalmente nas grandes cidades nós sofremos com esse indicador. Então iniciamos um projeto que já está em andamento que é de automação da rede de distribuição, nós conseguimos agora 420 religadores automáticos estamos iniciando a instalação por Teresina onde não vamos mais necessitar deslocar um carro até esse equipamento para acioná-lo, ele vai ser acionado remotamente a partir do nosso setor de operação, essa é uma das medidas que estamos tomando, aliado ao nosso padrão de construção que nós mudamos há 3 anos atras”, destacou o presidente.

Sobre o serviço de tele-atendimento da Eletrobras, o presidente relatou. “Nós somos uma empresa pública, nós fazemos licitações públicas para contratar os serviços, na realidade nós temos um site do nosso call center em Teresina, a Eletrobras contratou uma empresa que faz o call center das suas seis distribuidoras e ela exigiu que fosse implantado um site em cada distribuidora. Quando existe o fato de que o número de reclamações excede a capacidade desse site nós fazemos o deslocamento para Brasília porque lá também tem uma ilha de cada uma das distribuidoras, o objetivo é a gente otimizar o atendimento”, afirmou.

Fonte: Meio norte.com