A CPFL Paulista, a maior distribuidora do Grupo CPFL Energia, e o Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce), campus da Unesp em São José do Rio Preto, assinam no próximo dia 8 de maio, às 10h, um termo de cooperação técnica para obra de Eficiência Energética.

Com investimento estimado de R$ 965 mil e duração de cinco meses, o projeto propõe, entre outras providências estruturais, a troca de 8.950 lâmpadas comuns por lâmpadas de LED. A expectativa da equipe técnica da CPFL é que a partir do término das obras, o Ibilce economize cerca de 928 MWh ao ano, essa quantidade de energia seria suficiente para abastecer cerca de 387 residências, que gastem em torno de 200 KWh/mês, durante 1 ano.

O programa de Eficiência Energética é desenvolvido pela companhia desde 1998 e tem por objetivo a preservação dos recursos naturais e promover educação para o uso racional de energia elétrica, evitando, assim, o desperdício.

“Os recursos do programa de Eficiência Energética provêm do valor arrecadado nas contas de energia elétrica. Essa verba volta para a sociedade por meio de projetos que buscam tornar mais consciente a relação das pessoas com a energia elétrica, fazendo com que os recursos sejam utilizados com responsabilidade”, afirma Marney Antunes, diretor de Gestão de Energia da CPFL Energia.

Para marcar o início do programa no Ibilce uma solenidade para assinatura do termo de cooperação técnica, que contará com as presenças de representantes da CPFL, gestores do Ibilce e imprensa.

A celebração do convênio foi possível, após a realização de um diagnóstico energético nas instalações da unidade, onde se comprovou a viabilidade técnica do projeto. “Para promover o consumo inteligente e eficiente de energia elétrica, programamos projetos e obras de eficiência energética como esta. Temos certeza de que esta parceria nos ajudará a conquistarmos grandes resultados”, afirma Luiz Carlos Lopes Júnior, Gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia.

Na avaliação do diretor do Ibilce, Prof. Dr. José Roberto Ruggiero, a parceria entre a CPFL Paulista e o Instituto para a realização do programa, é de enorme importância, sobretudo para discussões futuras sobre desenvolvimento sustentável no Estado de São Paulo. “Além da busca do desenvolvimento sustentável e preservação dos recursos ambientais, que é fundamental para a sociedade como um todo, para a unidade, o programa proporcionará uma reprogramação dos seus recursos, encaminhando-os, tanto quanto possível, para as suas atividades-fim: ensino, pesquisa e extensão.” enfatiza.